Pisos laminados ou vínilicos, como pode ser instalado na hora de reformar ou construir

 

Se  tratando de pisos laminados ou vinílicos que são os pisos  que discorreremos abaixo, podem ser instalados sobre pisos ou no próprio contrapiso, em casos de reforma ou nova colocação.

Pisos laminados podem ser colocados sobre madeira, cerâmica, cimento, vinil , pedras e concreto. Não podem ser instalados sobre carpetes têxteis, parquets, forração ou outros tipos de pisos flutuantes. Na instalação sobre o contrapiso,  na maioria das vezes permite que seja feita sem  a regularização do mesmo, por se adequar a um certo nível de irregularidades.  Este material se  trata de um composto de aglomerado de madeira , portanto o contato com a água e umidade pode estufá-lo. Este tipo de piso  precisa ser aplicado sobre mantas para que haja o  bloquei0 da  passagem de umidade e também  evitar  o atrito entre os pisos  oferecendo melhor  conforto acústico.

Devido ao tipo de colocação , há  laminados  colados com sistema de encaixe, a cola é passada na parte chamada fêmea e em seguida encaixa- se o macho para fixar. O custo de piso é mais baixo, mas caso precise de manutenção é necessário descolar tudo. O Brasil é dos poucos países que comercializam esse tipo de piso.

Há  também os pisos laminados clicados, com sistema de encaixe apenas, onde as emendas ficam imperceptíveis, a instalação é rápida e caso haja necessidade de manutenção basta desencaixar e substituir a régua. Com esse sistema de encaixe clicado é possível, inclusive, transferir o piso de um ambiente para outro sem prejudicar as réguas. A sua fixação dar-se-á com instalação dos rodapés ou com os próprios acabamentos de piso, não utilizando nenhum tipo de cola. 

Em se tratando de pisos vinilicos , tendo seu composto predominante por pvc,  também existem  dois tipos, de acordo com sua colocação, piso vinílico clicado e piso vinílico colado. Devido a sua composição não necessitam colocação de mantas anterior a sua instalação.

O piso vinílico clicado também pode ser instalado no caso de reforma,  sobre  pisos como : madeira, cerâmica, cimento, vinil , pedras e concreto. Neste caso é necessário aplicar o PVA (uma massa produzida a partir da mistura de cimento, argamassa e cola branca). Após aplicar o PVA é necessário deixar secar por um período mínimo de 24 horas. Se a instalação for feita acima do contrapiso e o mesmo estiver firme e poroso, esta aplicação não se faz necessária. Este piso é instalado com sistema de encaixe  podendo ser removido de um espaço e instalado em outro sem dificuldades pois não utiliza cola na sua colocação. Outra vantagem no sistema click é a facilidade da colocação, grandes metragens podem ser instaladas num mesmo dia, excelente para obras corporativas que tem prazos minúsculos , possibilitando a utilização do espaço  na sequencia, sendo necessária apenas uma limpeza com aspirador e pano úmido para retirada do pó. O custo deste material  é pouco mais elevado que o sistema colado.

Quando se fala em instalação do piso vinílico colado,  que como os laminados,  pode ser instalado sobre  pisos no caso de reforma, ou  acima do próprio contrapiso. Ambas opções são  obrigatórias aplicar o PVA para alinhamento de imperfeições de 1 a 3mm, pois o piso tenderá a fotografá-las após colocado. Este procedimento também será necessário   para que a cola tenha uma aderência adequada para receber o piso, pois caso  não seja feito, a garantia do material não será válida. Após a instalação do vinílico colado, é necessário que o local não seja utilizado por um período de 48 à 72 horas, para que não ocorra a movimentação do piso e o deslocamento das juntas. O valor do metro quadrado do mesmo é pouco mais acessível comparado ao sistema click.

 

No caso de reforma , que  é um processo estressante devido a realidade de lidar com o barulho, sujeira, entulho, prazos e custos que muitas vezes saem do esperado, vale estudar a possibilidade de fazer a colocação de pisos sobre piso  para dirimir essas questões, eliminando a etapa demolição e retirada de entulhos, mas com um parecer técnico analisando a situação do piso existente.   Escolher produtos que minimizem estes fatores pode gerar uma boa economia em material, mão de obra e ganho de tempo, levando conta do cálculo dos  custos a  serem investidos na reforma e ainda o tempo disponível para executá-la.

 

Recent Posts